sábado, 24 de julho de 2010

Uma grande noite...

Nova discoteca em Viseu, está altamente, 5 estrelas, a noite de Viseu já estava a precisar de algo assim, hoje é a inauguração oficial, para todos, mas eu é o meu melhor amigo, conseguimos convites para ontem… Foi de mais. Conselho de um amigo, vão hoje, aquilo esta de topo. Mas não se esqueçam de passar na Togas Bar.

Aqui fica um warm up para mais logo.













quinta-feira, 22 de julho de 2010

Procura-se....

Apesar de tudo que se passou, o dia até acabou bem... acabou em eu ouvir esta musica... palavras para k???


Desabafo de um madrugador ...

É fodido… é fodido quando simplesmente tudo corre bem, tudo está a entrar nós eixos, e tu simplesmente não sais da minha mente… quer dizer, beber umas minis, e encontrar pessoas que passaram nas nossas vidas como casal, ok, e normal lembrar-me te ti, falar de coisas que se passaram, simplesmente as memorias vem, e quando simplesmente deito a cabeça, e contigo que sonho toda noite….

Agora, quando simplesmente venho dormir, deito-me as 4, porque hoje tenho que ir trabalhar ao meio dia, e simplesmente sonhar… ver o teu rosto tão perto do meu, lembrar-me de todos os pormenores do teu rosto, sentir o doce sabor dos teus lábios, sentir aquele arrepio outra vez de quando o nosso primeiro beijo… os sorrisos, lembrar os momentos ao teu lado… como é simplesmente possível…

Sinto falta de poder simplesmente de caminhar de mãos dadas contigo, passar os serões a falar de tudo que nós rodeia, sinto saudades de passar horas a olhar para ti sem uma única palavra ser dita… Tudo que queria agora era poder simplesmente te abraçar, só mais uma vez para te dizer que nunca mais foi o mesmo depois de teres partido… Dói pensar que te perdi, acho que jamais vou encontrar alguém que me faça tão feliz…

Eu bem que já tentei, mas é impossível apagar as marcas que me deixaste, tatuas-te o teu nome, o teu ser na minha alma, e agora simplesmente não consigo apagar-te, não importa onde estiver, a tua lembrança vai sempre acompanhar-me…

Desculpa, desculpa-me por estar aqui a desabafar, sei que nada vai mudar, sei que estas feliz com quem estás, sei que não posso mais voltar a encontrar-te, mas simplesmente eu preciso desabafar, porque é doloroso, sonhar contigo, e quando acordo não estas ao meu lado…



terça-feira, 20 de julho de 2010

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Owl City - Fireflies

Brand New Day

Yeah, It's been a ride... I guess I had to go to that place to get to this one


A vida, como é possível esta vida, hoje não falo de magoa, não falo de coração pesado, porque hoje não falo de dores da alma… porque hoje o João pestana esqueceu-se de passar pelo meu quarto, o sono não vem, e simplesmente apetece-me escrever , hoje escrevo de uma calma que me invadiu desde alguns dias para cá, apesar de tudo que se passou estar cá dentro, eu olho o passado e não me afecta mais, sinto-me calmo, como simplesmente a minha vida passa-se a ser um rio que depois dos rápidos, das pedras aguçadas, que me fizeram sangrar muito, que me mudaram a vida… agora corre tudo muito calmamente, simplesmente a minha alma esta em paz, com o mundo com a vida, com tudo a minha volta... a minha vida passou a ser uma composição onde antes não tinha tempo a para colocar a pontuação, onde tudo era lido com presa, tudo tinha que acontecer, andasse por onde andasse, para uma composição que simplesmente começa a fazer sentido... finalmente posso escrever com calma nestas novas paginas da vida, sem ter marcas de agua nas folhas novas, lembrando-me do meu passado, muitas paginas já foram escritas na minha vida, houve pessoas que me marcaram, houve outras que eu marquei, muitas pessoas cruzam a minha vida, deixando alguns riscos nestas paginas, outras simplesmente deram pontuação as composições já escritas, outras simplesmente deram sentido as frases, aos momentos, as palavras, as atitudes por simplesmente acrescentarem notas, aos textos já escritos, notas essas que contavam as experiências delas… hoje sinto-me bem, hoje sinto-me um homem novo… não consigo descrever esta sensação que me invade, que me dá calma, que simplesmente me diz que tudo vai ficar bem, apesar de tudo que se passou, apesar das grandes tempestades que me fizeram andar a deriva nestes últimos anos, agora posso dizer que já tenho rumo. Eu não tenho mais medo de ninguém, não tenho medo de nada, mas acima de tudo, eu não tenho mais medo da vida.



Hoje vivo como nunca vivi, hoje posso dizer, que apesar de estar sozinho, estou feliz.